Destaque Justiça Policial

Ladrões espancam idoso para tentar roubar dinheiro da aposentadoria em RO

Um dos suspeito foi preso em flagrante, pela Polícia Militar, logo após o roubo (Foto: Richard Nunes/Arquivo pessoal)

m idoso de 65 anos foi espancado e agredido a coronhadas, nesta quarta-feira (4), por dois ladrões armados em Porto Velho. Segundo a Polícia Militar, os suspeitos queriam roubar o dinheiro da aposentadoria da vítima, que tinha acabado de sacar as notas em uma agência bancária.

O genro do aposentado, de 48 anos, também levou uma coronhada na cabeça, quando entrou em luta corporal com um dos bandidos, para tentar ajudar o sogro.

A tentativa de assalto, registrado como roubo a residência, aconteceu por volta das 13h desta quarta-feira, na Rua Aruba, no bairro Tancredo Neves, Zona Leste da capital. A filha do idoso conta que ele foi sacar a aposentadoria em um banco e que, ao chegar em casa, foi atacado por dois suspeitos, sendo jogado sobre a calçada e agredido a socos, chutes e coronhadas.

Ainda segundo a filha da vítima, o aposentado implorava para os bandidos pararem de bater nele. A filha contou aos policiais que saiu em defesa do pai, pedindo para que as agressões fossem cessadas, mas os criminosos reagiram apontando armas para ela.

A mulher se escondeu atrás de uma coluna de concreto e, de lá, continuou pedindo para que os assaltantes não matassem o pai dela.

O genro do idoso saiu da casa, com uma criança no colo, e, sob a mira de armas, puxou a esposa para dentro. Os bandidos continuaram a espancar o aposentado. O genro relatou que ouviu um disparo de arma de fogo e correu para fora, vindo a entrar em luta corporal com um dos assaltantes. O bandido o atacou com uma coronhada, derrubando-o.

Em seguida o ladrão tentou atirar, mas a arma falhou. Depois de pegar o relógio do genro do aposentado, os criminosos fugiram em uma motocicleta. A PM foi acionada e um suspeito acabou preso em flagrante

Com cortes na cabeça e escoriações por todo o corpo, o aposentado foi socorrido à Unidade de Pronto Atendimento da Zona Leste, onde ficou sob observação médica por pelo menos três horas.

O genro do idoso, com corte no couro cabeludo, foi socorrido na mesma UPA, mas foi liberado depois de ter a cabeça enfaixada.

Perseguição e prisão

O filho do idoso, de 33 anos, chegou do trabalho no exato momento em que suspeitos fugiam numa moto. Ele tentou seguir a dupla, de carro, mas os suspeitos atiraram contra ele.

Dois dos cinco disparos efetuados pelos criminosos atingiram o veículo, mas o homem não foi ferido.

Outras testemunhas tentaram acompanhar os ladrões, mas desistiram devido ao risco de novos tiros. Contudo, um morador viu quando um dos assaltantes pulou da moto e se escondeu em um terreno baldio.

A PM foi ao local e prendeu o suspeito, que confirmou participação no crime, mas nenhuma arma foi apreendida.

O suspeito, de 21 anos, identificou o comparsa e disse que, além de ser o dono da moto em que fugiu, o comparsa foi quem idealizou o roubo.

O rapaz confirmou ainda que estava armado, alegando ter pago R$ 2 mil no revólver que, segundo ele, ficou escondido no terreno onde foi localizado pela PM. A polícia fez busca na região, mas não achou a arma.

Genro do aposentado sofreu corte no couro cabeludo ao ser atacado com uma coronhada (Foto: Richard Nunes/Arquivo Pessoal)

Genro do aposentado sofreu corte no couro cabeludo ao ser atacado com uma coronhada (Foto: Richard Nunes/Arquivo Pessoal)

FONTE : G1 RONDÔNIA

Radio Planalto FM is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache